Foam Roller Brasil

22/09/2018 17:36

Em Abril deste ano fui convidada pela Foam Roller Brasil a dar um depoimento falando da minha profissão, o amor pelo kitesurf e como a liberação miofascial faz parte da minha vida.

www.foamrollerbrasil.com.br/blog/quiropraxia-esportiva-e-liberacao-miofascial-com-juliana-pinheiro/

11 de abril

QUIROPRAXIA ESPORTIVA E LIBERAÇÃO MIOFASCIAL COM JULIANA PINHEIRO

SUPERAÇÃO E AMOR PELO KITESURF

foam roller basil juliana pinheiro quiropraxia s2

Juliana Pinheiro é graduada em quiropraxia pela Universidade Feevale e Especialista em Quiropraxia Esportiva pela New York Chiropractic College. Além da profissão, é uma apaixona por kitesurf. “O kite mudou minha vida”, afirma. Leia a entrevista abaixo e saiba mais sobre o trabalho e o hobby dessa renomada profissional.

Como você iniciou no kitesurf?

Minha primeira aula de kite foi em 2011 e foi extremamente traumática, já que tenho uma escoliose idiopática e várias alterações de curvatura na coluna. Como na época não estava me exercitando, a musculatura não estava preparada para proteger devidamente a minha coluna e acabei “travando” a lombar.

Depois disso fiquei com receio de voltar às aulas, mas a vontade nunca passou, e somente ano passado, em agosto de 2017, consegui fazer um intensivo no Ceará. Dessa vez me preparei, reforçando a musculatura que seria exigida. Enfrentei muita dor e tensão, já que as práticas eram diárias, mas ao final de cada dia eu chegava na pousada e fazia uma super liberação miofascial com o Foam Roller, isso me ajudou muito e dessa vez não travei mais!

E a paixão pelo kite, como surgiu? Como e porque esse esporte mudou sua vida?

Sempre sonhei em surfar, mas com tantos problemas de coluna fica bem difícil remar deitada numa prancha. Já pratico stand up paddle há anos, mas não é um esporte fácil porque exige muito do corpo. Já o kitesurf é um esporte muito democrático, qualquer pessoa pode fazer, ao contrário do que se pensa.

Não é necessário ter força, ele exige muito mais da mente do que do corpo. Basta controlar a pipa e fazer o vento te levar. No momento em que você passa a entender e consegue velejar, é simplesmente incrível! Você tem a possibilidade de estar completamente inserido na natureza, utilizando a força dela a seu favor e isso é lindo e mágico!

Falando um pouco sobre sua profissão, quando surgiu o interesse pela quiropraxia?

A quiropraxia apareceu “por acaso” na minha vida. Eu vivia a procura de ajuda para o meu problema de coluna, sempre com dor, não podia ficar muito tempo sentada, deitada, ou em pé. Entrei para o curso de farmácia na Feevale e um dia me indicaram a quiropraxia na clínica escola. Comecei a ser tratada e de imediato senti a diferença com os ajustes articulares.

Porque você optou pela quiropraxia esportiva?

Como a cada ano os quiropraxistas da clínica escola mudavam, comecei a ser atendida por um da área esportiva e notei muito a diferença nos resultados e na durabilidade deles no meu corpo. O que já era bom ficou ainda melhor!

A quiropraxia esportiva é uma especialização que tem uma abordagem muito voltada para tratamento miofascial, além dos ajustes articulares, utilizando técnicas de liberação muscular, de trigger points e fáscia, garantindo resultados muito mais rápidos e duradouros.

Na visão da quiropraxia, qual a importância da fáscia nas atividades físicas e no bom desempenho do corpo como um todo?

A fáscia é um tecido conjuntivo que permeia cada parte do corpo, ossos, órgãos, ligamentos e tendões, formando uma matriz como uma colmeia em volta do músculos. É usada em cada momento, muito forte e elástica em sua natureza, fornecendo uma resposta sensorial ao cérebro. Sendo assim, é considerada de extrema importância nas atividades físicas.

Como a liberação da fáscia através da quiropraxia esportiva tem ajudado atletas de alta performance e esportistas amadores?

A fáscia envolve cada músculo, ligamento, tendão, órgão e osso. Quando nos lesionamos a fáscia pode se tornar mais rígida e menos elástica e pode não funcionar corretamente, desenvolvendo aderências nas estruturas adjacentes. Isto pode resultar numa perda da função normal nas articulações e tecidos, perda de amplitude de movimento, alongamento e dor, o que afeta diretamente no desempenho esportivo.

No esporte precisamos estar com a musculatura preparada para termos um bom desempenho. Uma fáscia livre de aderências significa uma melhora na resposta muscular, o que também evita lesões às quais estamos sujeitos no esporte.

Como você observa os resultados atingidos pelos seus pacientes com a quiropraxia, voltada para a saúde da fáscia? 

Os resultados na quiropraxia com liberação de fáscia são mais imediatos e duradouros, sendo ainda possível tratar um leque bem maior de lesões do que se utilizados somente os ajustes articulares. Ainda é possível deixar o corpo do paciente mais saudável e em melhor funcionamento, com uma maior fluidez muscular, nervosa, vascular e linfática.

Você recomenda o uso do Foam Roller aos seus pacientes?

Sempre recomendo o uso do Foam Roller como uma prática que dá continuidade ao tratamento e mantém os resultados alcançados pela minha liberação por muito mais tempo.

Qual a filosofia por trás da quiropraxia?

A quiropraxia atua diretamente na homeostase, que é uma capacidade intrínseca do corpo de perceber e buscar soluções aos problemas que nele possam estar acontecendo. Para que isso funcione, o corpo deve estar livre de restrições, sejam elas articulares ou miofasciais, para que tudo flua perfeitamente. O quiropraxista tem a capacidade de remover tais restrições com ajustes articulares e ainda com liberação miofascial na quiropraxia esportiva.

 

Voltar

Contato

Capão da Canoa / Campo Bom
Rua Faustino João Pereira, 162 - Santa Luzia, Capão da Canoa.

OBS: Para Campo Bom ver endereço no menu "CONTATO".

whatsapp: (51) 98171-9989

© 2018 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode