Tendinopatias e o tratamento com a quiropraxia esportiva

11/10/2018 22:15

 

As Tendinopatias, como a "Cotovelo de Tenista", acometem grande parte da população. Popularmente conhecidas como tendinites, ou epicondilites, elas nem sempre são uma inflamação aguda, muitas delas já passaram ao estágio de degeneração e recebem o nome de tendinose ou epicondilose. São comuns em atletas profissionais, daí o nome "Cotovelo de Tenista ou Golfista", ou naqueles que praticam esportes como forma de lazer, e até mesmo naqueles que não praticam, mas fazem uso excessivo e repetitivo dos membros, mais comumente dos braços. 
 
As dores podem ser localizadas nos epicôndilos, na região lateral e medial dos cotovelos e antebraços, normalmente no membro dominante. O uso excessivo vem a ser o fator inicial, causando microrupturas nas fibras do tendão, fato que desencadeia um processo complexo nas áreas menos vascularizadas, levando ao enfraquecimento do tendão, dor, inflamação e, com o tempo, degeneração. A degeneração e a inflamação trabalham juntas na cascata patogênica das Tendinopatias. 
 
O mais indicado para estes casos, para que o tendão cure, são exercícios de carga excêntrica supervisionados e tratamento articular e muscular, que ajudem a restaurar o suprimento sangüíneo, a nutrição e a força do tendão acometido, com alívio da dor. Medicamentos antiinflamatórios podem auxiliar no processo de dor aguda, aliviando no primeiro momento, mas não foram comprovados outros benefícios e sim, mais formação de tecido cicatricial a longo prazo e, consequentemente mais dor. 
 
Dentro da Quiropraxia, além de técnicas articulares, existem técnicas miofasciais que auxiliam no tratamento deste tipo de patologia, o que vem sendo comprovado em estudos. Técnicas como FAKTR e Graston, as quais utilizam instrumentos, já comprovaram aumento de força de ligamentos e reestruturação de fibras após somente 9 atendimentos (foto abaixo). Além destas técnicas, há também a bandagem elástica, KinesioTaping, que tem efeito imediato antiinflamatório e de descompressão, que reduz a dor e aumenta a microcirculação da região onde for aplicado e pode ser usada juntamente com as demais, garantindo mais eficiência ao tratamento.image.jpeg
Na foto, a primeira imagem de uma cobaia controle, que não sofreu ruptura de ligamento, a segunda, do ligamento rompido não submetido a tratamento e a terceira, do ligamento tratado, com as fibras reunindo e realinhando, com aumento de força.
 
Procure hoje mesmo um quiropraxista graduado, que tenha estas especializações e possa oferecer estas técnicas e auxiliá-lo no tratamento destas e muitas outras desordens neuro-músculo-esqueléticas. 

 

Voltar

Contato

Capão da Canoa / Campo Bom
Rua Faustino João Pereira, 162 - Santa Luzia, Capão da Canoa.

OBS: Para Campo Bom ver endereço no menu "CONTATO".

whatsapp: (51) 98171-9989

© 2018 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode